ad

Milhares de exemplares de Diários Oficiais de Apucarana, usados para divulgação dos atos públicos, não eram distribuídos e iam parar literalmente debaixo da terra: os jornais eram utilizados para forrar caixões.

O Diário Oficial de Apucarana foi criado através da Lei nº 221, de 2008, na gestão de Valter Aparecido Pegorer (PMDB).

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O atual prefeito destaca que o município pretende levar o caso à Justiça. “É lamentável que isso tenha acontecido com a nossa cidade, com o dinheiro do contribuinte, do cidadão apucaranense. Agora iremos juntar todas as provas que temos sobre esse caso e enviar para o procurador do município. Ele irá analisar o material e ver quem é o responsável por isso, para que possamos entrar na Justiça”, disse Beto Preto.

Fonte: Oséias Miranda