Dois adolescentes e uma criança morreram após serem atingidos por um fio de alta tensão, no Distrito Federal, na noite de sexta-feira (9), segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF).

De acordo com a corporação, quatro pessoas foram eletrocutadas, e três da mesma família morreram, duas irmãs e um primo. A ocorrência foi atendida às 20h51 de sexta-feira, em Ceilândia (DF), próximo ao terminal rodoviário do P SUL, por seis viaturas e 25 militares.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Chovia muito e no local caiu um fio de energia elétrica energizado sobre um carro e sobre três pedestres. Foram encontradas caídas três vítimas inconscientes na enxurrada, uma adolescente de 14 anos, uma criança de 5 anos, ambas do sexo feminino, e um adolescente de 14 anos, do sexo masculino”, informou a corporação em nota.

Segundo os Bombeiros, quando chegaram ao local, a Neoenergia foi acionada para desligar a energia, e o adolescente de 14 anos começou a ser atendido, já que as duas crianças já não apresentavam mais sinais vitais.

O menino havia sido afastado por aproximadamente 10 metros do local do acidente por um morador eletricista que estava nas proximidades, com a ajuda de um pedaço de madeira. No entanto, o adolescente morreu após 50 minutos de Reanimação cardiopulmonar (RCP) feito pela equipe médica do SAMU.

Dentro do veículo atingido, havia três pessoas: um homem de 41 anos, uma adolescente de 15 anos e uma criança de 6 anos, ambas do sexo feminino. Segundo a nota, o adulto desceu no veículo para socorrer os pedestres e chegou a ser levando um choque, mas não perdeu a consciência e conseguiu se afastar.

A Polícia Civil do Distrito Federal foi acionada e compareceu ao local.

Em nota, a Neoenergia Brasília disse que lamenta profundamente o acidente e que está prestando apoio às famílias das vítimas.

“Após ser comunicada do fato pelo Corpo de Bombeiros, a companhia enviou uma equipe técnica imediatamente ao local para proceder com as medidas emergenciais cabíveis, eliminando os riscos para a população. No momento da ocorrência, havia um grande volume de chuvas e a incidência de descargas elétricas na rede. A empresa está apurando as causas da ocorrência e auxiliando as autoridades”.

Portal Guaíra com informações da CNN