O Município de Guaíra Via SEDE – Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Emprego está na final do Prêmio Cidades Empreendedoras Brasil 2022, na 3ª categoria que tange Iniciativas implementadas em municípios de até 50.000 habitantes.

Essa ação tem o propósito de valorizar e reconhecer as boas práticas de empreendedorismo em cidades de médio e pequeno porte.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O Prêmio Cidades Empreendedoras é uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, em parceria com a ENAP – Escola Nacional de Administração Pública.

Trata-se de uma oportunidade de estimular o ecossistema de empreendedorismo e a replicação de boas práticas no país. O objetivo é dar visibilidade a projetos que promovam a competitividade empresarial e contribuam para o crescimento econômico das cidades.

As iniciativas devem contemplar ao menos um dos seguintes macrotemas: ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso ao capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora.

Após rigorosa avaliação de especialistas em empreendedorismo de todo o país, o município foi selecionado na iniciativa, Guaíra desburocratizando o Desenvolvimento, com o macrotema, Ambiente Regulatório.

Cada finalista tem até 5 minutos para fazer um pitch de sua iniciativa empreendedora para o comitê julgador, composto de renomados profissionais com experiência em empreendedorismo, inovação e políticas públicas. O vencedor de cada categoria receberá um prêmio de R$ 250 mil reais.

Guaíra é reconhecida por sua qualidade de vida, belezas naturais, cultura, educação, segurança, saúde e infraestrutura. Referência em logística e negócios, fruto do desenvolvimento sustentável.

O projeto — Guaíra Desburocratizando o Desenvolvimento — é uma concretização do Plano de Governo da atual gestão, traçado ainda em 2021, onde o intuito do gestor é de criar no município um ambiente de negócios favorável ao desenvolvimento de novos negócios. Ou seja, um local onde empresários, colaboradores e até mesmo agricultores encontrassem num só local vários serviços públicos centralizados num único ambiente, para evitar que o munícipe tenha que ficar se deslocando entre vários prédios e repartições públicas para ter sua demanda atendida.

Esse Ambiente Econômico implantado no piso térreo do paço municipal, logo na entrada do prédio, o cidadão consegue acessar: Sala do Empreendedor, para criar e/ou tratar de assuntos da sua empresa; Banco do Empreendedor, com os créditos disponíveis para o ramo empresarial; SINE, com a divulgação das vagas de emprego disponíveis e intermediação de trabalhadores e empregadores; Diretoria de Tributação, para tratar dos tributos municipais; Diretoria de Fiscalização, que envolve serviços com alvarás e outras demandas; Diretoria de Pesca, direcionada ao atendimento dos apicultores e pescadores; Nota do Produtor Rural, com assuntos relacionados aos agricultores e o INCRA; e o Protocolo, responsável por formalizar as demandas dos cidadãos e as inserir no sistema interno.

A ação de centralizar diferentes espaços em um único ambiente serviu para tornar o atendimento ao munícipe mais ágil, e evita que o mesmo faça o deslocamento entre diversos prédios públicos para tratar de uma única demanda.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Emprego do Município destaca que: “Um dos principais objetivos do governo atual é proporcionar a simplificação e desburocratização no ambiente econômico, e fazer com que esse ambiente seja propício para atrair novos investimentos para o município. O projeto nasceu em 2017 na administração do atual governo, o gabinete do prefeito junto a secretaria começou a trabalhar com foco no ambiente econômico. Atualmente o projeto é promissor, o que rendeu prêmios ao nível, regional, estadual e agora finalista de um importante prêmio nacionalmente”.