ad

Essa semana, a presidente da Câmara de Guaíra, Lígia Lumi Suga usou seu Facebook, para expor a ideia de colorir os espaços públicos com flores e folhagens e pediu o apoio da comunidade, bem como, do prefeito Heraldo Trento e a iniciativa viralizou. O projeto “Florir Guaíra”, visa unir a comunidade e o Poder Público, para disseminar o cultivo de plantas.

No mesmo ritmo que ela trabalha com servidores do município e voluntários para deixar a prainha ainda mais bonita, como também, a Praça do Japão, que inclusive, já conta com um projeto de revitalização executada por voluntários, agora ela pretende plantar flores e estimular a comunidade a adotar a ideia, revitalizando praças, canteiros e terrenos baldios. “Na entrada da cidade, por exemplo, quero que esse projeto desperte um “wow” dos visitantes e que em toda Guaíra, haja mais vida e cores aos munícipes”, ressaltou.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Questionada sobre a falta de educação de algumas pessoas, que não respeitam canteiros e muito menos flores, como também, àquelas que possuem o mau hábito de furtar, a edil acredita que o projeto sensibilizará corações e com o tempo motivará a todos. “Claro que será um trabalho árduo e vai requerer muito planejamento, pois temos diversos espaços que necessitam de paisagismo. Mas iremos trabalhar com muito ânimo nisso e também conscientizando a população, que precisa entender, que o meio em que vivemos está agregado ao nosso cotidiano e que influencia a nossa vida”, frisou.

Isso também serve como resposta, se você de repente se perguntar; Ah, mas não há projetos mais importantes? Conforme a edil, sempre haverá projetos de suma importância para a Saúde, Educação, e outras áreas. “Mas flores também são essenciais para o ambiente. Conforme estudos, elas nos protegem das vibrações negativas, porque estão programadas para filtrar as energias ruins. A aromaterapia, por exemplo, utiliza óleos essenciais extraídos de flores e plantas para curar problemas físicos e emocionais”, explicou.

Flores no Lugar do Mato
A presidente defende que todos gostam do bonito, e ressaltou que Guaíra possui muitas áreas que não estão sendo utilizadas, fazendo com que o mato, bem como, a vegetação nativa acabe tomando conta, favorecendo o aparecimento de animais peçonhentos, como serpentes, escorpiões e aranhas, que podem causar desde lesões até fatalidades, trazendo ainda, onerosidade aos cofres públicos, com a poda periódica. “Com a implantação desse projeto, traremos mais beleza e economia ao município, uma vez que o envolvimento da comunidade fará toda a diferença, na manutenção das áreas a serem revitalizadas. “Temos uma natureza exuberante, o que falta são cores. Observamos que poucas construções possuem jardins com flores e queremos motivar a todos, valorizando bairros e imóveis. Cada um de nós é peça fundamental na transformação de Guaíra e devemos ter consciência e fazer a nossa parte. Vamos imitar as coisas boas”, pediu.

Ações do Projeto Florir Guaíra
A partir do desenvolvimento do projeto, Lumi ressalta que necessitará da autorização do Poder Executivo, para deliberar os locais para a execução. Nesse sentido, pretende trabalhar com ajuda, na arrecadação de doações de mudas de flores, sementes, plantas ornamentais, adubo e demais insumos, mobilizando ainda voluntários nos bairros e centro, para o plantio. “Também buscarei o apoio das Diretorias de Urbanismo e Meio Ambiente e Agropecuária, com o suporte de maquinários e assessoramento técnico e iremos investir muito no trabalho de conscientização, sobre a importância desse projeto para todos nós, pois esse “jardim colorido municipal” que proponho, é para valorizar o nosso grande quintal, que é a nossa cidade”, destacou.

Da Assessoria/ Adriane Schirmann