(Foto: Gramado Parks)

Já faz algum tempo que as Cataratas do Iguaçu, uma das Sete Maravilhas da Natureza, dividem espaço com outros atrativos de Foz do Iguaçu. Agora uma nova atração turística promete solidificar ainda mais a cidade como um dos principais destinos do País. Uma roda-gigante com 88 metros de altura foi inaugurada na quarta-feira (15) na tríplice fronteira, uma boa alternativa para quem quer apreciar o pôr do sol do Oeste paranaense de um ângulo privilegiado.

“É mais um atrativo em uma cidade que se estruturou para receber as pessoas e fez do turismo um dos principais setores econômicos”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Foz do Iguaçu é a porta de entrada dos turistas no Paraná, um dos principais destinos de estrangeiros no País. Por isso, a retomada da visitação é positiva não apenas para a cidade, como para o todo o Estado”.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A roda-gigante, batizada de Yup Star Foz, fica ao lado do Marco das Três Fronteiras, próximo à Ponte da Integração – a segunda ligação entre o Brasil e o Paraguai em Foz do Iguaçu, que está em construção. Ela tem 36 cabines climatizadas com ar-condicionado e capacidade de até oito pessoas por cabine. O passeio dura em torno de 20 minutos e permite a observação de vários pontos do Brasil, do Paraguai e da Argentina.

O projeto é da Gramado Parks, empresa de hospitalidade e entretenimento da Serra Gaúcha que está investindo R$ 200 milhões em Foz. O valor engloba o projeto da roda-gigante e o resort Aquan by Gramado Parks, que terá 360 apartamentos e previsão de inauguração para 2023. A construção do brinquedo iniciou em 2018 e demandou mais de 400 toneladas de aço, 8 mil parafusos e quatro quilômetros de luzes de led para colocar de pé a Yup Star Foz.

A atração, que abre para o público nesta sexta-feira (17), vem em um momento em que Foz do Iguaçu vê a retomada do turismo e o retorno dos voos internacionais. A empresa JetSmart volta a operar nesta quinta-feira (16) as linhas aéreas que ligam a cidade paranaense a Santiago, no Chile. São dois voos semanais, às quintas e domingos, os únicos diretos entre o Brasil e o país andino.

Paulo Angeli, secretário municipal do Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação, explicou que a cidade não parou de receber investimentos durante a pandemia para incrementar os passeios. Além da nova roda-gigante, outras atrações estão em construção: um show de água e luz, um castelo assombrado e um aquário estão previstos para entrar em funcionamento a partir do ano que vem.

RETOMADA – Chegando por ar ou pela terra, o número de turistas cresceu 82% em novembro na cidade, na comparação com o mesmo mês do ano passado, com aumento também em relação a outubro de 2021. Os dados foram levantados pela Secretaria Municipal do Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação, com base na compilação dos números de visitantes que chegaram pelo Aeroporto Internacional das Cataratas, pela rodoviária ou de carro pela BR-277.

“A retomada tem sido bem rápida. Nossa expectativa para o final do ano é chegar aos patamares de visitação anteriores à pandemia. Já temos uma procura muito alta para o Réveillon e preparamos também uma propagação de Natal com o maior número de atrativos de todos os tempos”, explicou Angeli.

Em novembro, entre embarques e desembarques, o aeroporto teve, em média, 25 voos diários, 11% a mais do que outubro, e transportou 112.343 passageiros. O aumento foi de 63% em relação a novembro de 2020 e 13% a mais do que outubro de 2021.

Também em novembro, 65.236 passageiros embarcaram e desembarcaram na rodoviária internacional, um aumento de 63% ao mesmo mês de 2020 e 3% maior do que outubro deste ano. No total, o terminal movimentou 129 ônibus diários, entre chegadas e partidas. Já pela praça de pedágio da BR-277, em São Miguel do Iguaçu, passaram 240.510 veículos.

PARQUE E ITAIPU – As bilheterias das principais atrações turísticas também confirmam a tendência de retomada. No Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas do Iguaçu a visitação em novembro foi 82% superior ao mesmo mês do ano passado e 9% maior com relação a outubro de 2021. No mês passado, o principal atrativo da cidade recebeu 85.999 visitantes, sendo que 91,5% são brasileiros e 40% do Paraná. Dos paranaenses, 21% são moradores das cidades do entorno da unidade de conservação.

A Itaipu Binacional, outro atrativo potencial, recebeu 41.385 visitantes em novembro, aumento de 73% em relação ao mesmo mês de 2020. Mais de 90% foram de brasileiros e 46% do Paraná. No Marco das Três Fronteiras, foram 35.568 visitações, 63% superior a novembro de 2020 e mais 3% em relação a outubro deste ano.

SERVIÇO – Os ingressos para a roda-gigante custam R$ 70 a inteira e R$ 35 a meia-entrada (para estudantes, idosos acima dos 60 anos e crianças de 7 até 11 anos). Se comprar o ingresso antecipado pelo site (https://yupstar.com.br/foz/) o valor pago será de R$ 49,90 para moradores de Foz e R$ 59,90 para turistas em geral. Nas bilheterias, os ingressos custam R$ 55 para moradores de Foz, e é necessário apresentar comprovante de residência.

A empresa JetSmart preparou uma promoção para celebrar a retomada de sua operação no País. A empresa está com um desconto de até 30% no preço das passagens para quem utilizar o código VOLTAMOS, que estará em vigor a partir do dia 14 de dezembro para todos os clientes.

Portal Guaíra com informações da AEN