Na manhã de ontem (25), foi realizada uma Audiência Pública na Câmara dos Vereadores. A reunião visou abordar o tema Segurança Pública contou com a presença de várias lideranças, autoridades estaduais e federais para tratar exclusivamente do assunto que é de grande interesse a todos.

A reunião partiu de uma solicitação decidida em conjunto com o Executivo, Legislativo, representantes de vários órgãos de segurança local e regional, bem como, do Judiciário e da sociedade civil.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O Prefeito Heraldo Trento, juntamente ao Deputado Estatual Hussein Bakri (Líder do governo na Assembleia Legislativa), fizeram parte da mesa ao lado das autoridades, Secretário de Segurança Pública do Estado, General Luiz Felipe Kraemer Carbonell, Delegado Geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, Diretor Geral do Depen, Francisco Aberto, além de diversas outras autoridades no âmbito do município, do Estado e da União.

Foi discutido, principalmente, sobre um dos projetos que visa a construção de uma cadeia pública no município que tem como objetivo de acabar com a superlotação, situação de risco para o município.
Durante as propostas apresentadas foi esclarecido muitos pontos como os benefícios e os riscos (que são mínimos) que essa obra poderá trazer para a cidade. A cadeira de Guaíra possui mais de 200 presos, sendo que sua estrutura comporta apenas 60. Há um número muito expressivo de presos em prisão domiciliar por conta da falta de espaço para comportar tantos presidiários.

Prefeito Heraldo Trento ainda ressaltou sobre a importância da participação da população “A audiência pública é a maneira civilizada de se fazer uma administração. Abrindo o jogo e mostrando a realidade, trazendo autoridades que entendem do assunto para as justificações técnicas e necessárias para as tomadas de decisões”. Ressaltando ainda que o interesse público tem que prevalecer. As decisões serão tomadas em conjunto, de acordo com a vontade da maioria.

O prazo para definição e resolução da questão de 15 dias. Após esses 15 dias o dinheiro que foi disponibilizado para o município para uso exclusivo da construção da cadeia deverá devolvido, Guaíra irá perder esse recurso que é intransferível para qualquer outra cidade como muito tem sido questionado. Não podendo ser destinado para outra área ou projeto além deste.

Ao final da Audiência alguns munícipes puderam expressar suas opiniões e ouvir a explicação das autoridades.

Portal Guaíra via Assessoria