Equipe multidisciplinar do Instituto Água e Terra (IAT) de Curitiba e Toledo, órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, realizaram na última semana (19 a 22) operação para fiscalizar 12 aterros sanitários em 11 municípios do Oeste do Paraná, incluindo Guaíra.

Segundo o chefe da regional de Toledo, Taciano Cesar Freire Maranhão, Guaíra foi o município que apresentou o melhor aterro. A visita em Guaíra realizada no último dia 19/01, foi acompanhada pelo engenheiro responsável do aterro sanitário, Franz Jambersi, a assessora da Secretaria de Infraestrutura, Agropecuária e Meio Ambiente, Aline Priscila de Souza, o Diretor de Limpeza Pública Lindomar Moraes da Silva, e o Coordenador de Fiscalização do Meio Ambiente, Luiz Vieira.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“O objetivo é regularizar a situação desses aterros, seja por falta de licença, práticas inadequadas, necessidade de ampliação ou construção de novas estruturas, além de iniciar os planos de investigação e remediação das áreas contaminadas”, explica o geólogo residente do IAT, que participou da operação, Eduardo Henrique Sehnem.

O secretário Márcio Nunes esteve reunido recentemente com prefeitos da região para discutir acordos e programas de melhoria na questão de resíduos sólidos. “Os lixões devem ser desativados porque não são locais ambientalmente corretos. Queremos ajudar os municípios a se regularizarem”, ressalta. Os técnicos também conversaram com os responsáveis municipais e secretários de meio ambiente e obras.

Portal Guaíra via Assessoria