A rede Adventista está presente em centenas de países e desenvolve um trabalho que vai muito além do ensino.

Amanhã, alunos da Escola Adventista de Guaíra terão a oportunidade de embarcar numa jornada que vai garantir experiências de crescimento em diversos ângulos.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

É hora de deixar de lado o ócio, as séries e os filmes favoritos e embarcar numa missão que envolve visitas, cozinha, construções e a oportunidade de levar o Evangelho a quem mais precisa. E, para ampliar o escopo, trata-se de uma missão internacional!

Hoje, 16, a comitiva guairense se junta a outros estudantes no Catre (Centro Adventista de Treinamento e Recreação) Cataratas, em Foz do Iguaçu. Amanhã, todos pegarão um voo até a Bolívia.

De Guaíra a Guayramerín

O destino final será a cidade de Guayramerín, região norte da Bolívia, uma pequena cidade que é zona franca e produtora de borracha e castanha-do-Pará.

Guayaramerin é um município do departamento de Beni e fica na divisa com o Brasil, mais precisamente com a cidade de Guajará-Mirim, no estado de Rondônia.

“Os alunos farão visitas, participarão de construções, atuarão na cozinha, auxiliando a escola cristã de férias e participando de cultos evangélicos à noite”, explica o diretor Eduardo Jacinto da Silva.

A estadia na Bolívia termina no dia 22 de janeiro. No dia seguinte, a equipe se deslocará para o lado brasileiro. Os estudantes farão atividades semelhantes em Rondônia, visitando comunidades ribeirinhas. No dia 28, todos vão até a capital, Porto Velho. E, finalmente, no dia 29 será feito o voo de retorno da viagem.

“Experiências como essa são importantes, trazem enriquecimento psicológico, sociológico e espiritual. É uma oportunidade de fazer bem ao próximo, confraternizar, conhecer culturas diferentes, socializar. E tudo isso levando também a Palavra de Deus”, conclui o diretor Eduardo.

Portal Guaíra com Assessoria