ad

dengueO município de Marechal Cândido Rondon já registrou 105 casos de dengue, dos quais 97 são autóctones e oito importados. Apesar de não ser considerada epidemia, existem 145 casos notificados (suspeitos), dos quais 18 foram negativados. A responsável pelo Setor de Epidemiologia, enfermeira Vera Lehr, informa que aproximadamente 98% dos casos notificados no município nas últimas semanas estão tendo resultado positivo para dengue.

“Isso acontece porque a maioria dos pacientes que procuram o sistema de saúde quando se caracteriza caso clássico da doença, quando aparecem vários sintomas”, analisa. Desse modo, os profissionais de saúde acreditam que alguns pacientes não chegam a procurar o sistema público por se tratar de casos leves.

“Nossa preocupação é que mesmo as pessoas que apresentarem sintomas leves devem fazer o exame de confirmação, pois para quem já teve a doença o risco de contrair dengue hemorrágica é maior. Então é importante o paciente saber do seu histórico para receber os devidos cuidados”, recomenda Vera.

Exames

Depois de sete dias em que a pessoa apresentou sintomas da dengue deve ser feita a sorologia (estudo sanguíneo). A coleta de sangue para exame e confirmação ou descarte da doença é realizada na Unidade de Saúde 24 Horas, em Marechal Rondon, nas segundas terças e quartas-feiras das 07h30 às 09 horas.

O material é enviado para a 20ª Regional de Saúde de Toledo, que encaminha para o Lacen.

Fonte: O Presente


ad