A Polícia Civil identificou um homem suspeito de realizar a castração de um gato em casa na região de Curitiba. O caso foi desvendado pela polícia após uma denúncia anônima. O delegado Matheus Laiola postou toda a situação em suas redes sociais. Segundo ele, o homem não ficou preso porque não estava dentro do período de flagrante.

O agressor, confirmou aos policiais que apenas conseguiu retirar o testículo do gato porque ele escapou. Depois o animalzinho foi levado para atendimento em uma clínica.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com a Polícia Civil o homem não possui nenhum conhecimento veterinário, nem equipamentos e ainda usou medicação vencida.

O suspeito foi ouvido e liberado. Conforme a Polícia Civil, ele irá responder em liberdade pelo crime de maus-tratos.

Portal Guaíra via Assessoria