Um homem foi condenado a mais de 59 anos de prisão por abusar sexualmente de duas crianças em Curitiba. Além dele, a mãe das vítimas também foi condenada no processo a uma pena superior a 40 anos por saber e permitir o crime, de acordo com o Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Ainda segundo o órgão, o homem está preso desde setembro do ano passado e vai cumprir a pena em regime fechado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ele foi considerado culpado dos crimes de estupro de vulnerável e também por promover o acesso das duas vítimas a material contendo pornografia.

O objetivo, segundo o MP-PR, era que as crianças praticassem o ato exposto.

No caso da mãe, conforme o Ministério Público, a pena foi de 40 anos, 7 meses e 12 dias. Segundo o órgão, ela tinha “pleno conhecimento dos abusos sexuais cometidos”, uma vez que as próprias vítimas a relataram os episódios.

O MP também ressaltou que a mulher foi alertada por órgãos de proteção e, mesmo assim, “continuou permitindo o contato das vítimas com o abusador, omitindo-se do dever legal de agir”.

Ela vai poder recorrer em liberdade.

Portal Guaíra com informações do G1