A Polícia Militar foi acionada na sexta-feira (11) para atender a um caso absurdo e que, no fim das contas, não passou de uma mentira contada por causa de ciúmes. Policiais civis e militares foram acionados até um hospital de Curitiba, fizeram buscas na rodoferroviária e até a Polícia Federal foi chamada para chegar listas de passageiros dos ônibus.

Tudo porque um homem que mora no Amazonas e estava de passagem por Curitiba disse à esposa, que estava no Norte do país, que tinha assassinado a própria filha. A farsa foi descoberta depois que a polícia encontrou a pensão onde ele estava hospedado e viu a criança estava assistindo a vídeos no celular. Todos os detalhes foram exibidos no Tribuna da Massa de Curitiba, confira:

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Portal Guaíra com informações do Massa News