Santa Catarina teve 109 novas mortes de pacientes com Covid-19 registradas no boletim desta terça-feira (9). Este é o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia. No total, 8.170 pessoas morreram por complicações da doença no estado desde março de 2020.

Há 395 pacientes que aguardam transferência para leitos de UTI. Segundo levantamento, 76 pacientes da Covid-19 que estavam na lista para serem transferidos para um leito de UTI ou enfermaria especializado morreram de fevereiro até esta terça-feira.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Mais de 712 mil foram diagnosticados com o novo coronavírus no estado, que segue como o quinto do Brasil com mais casos confirmados, atrás de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Bahia. Na sexta-feira (5) também foram mais de 100 mortes registradas em 24 horas pelo governo catarinense: 107.

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS), levando em conta leitos gerais e os específicos para a Covid-19, está em 96%.

Separando apenas os leitos de UTI-Covid para adultos, a ocupação é de 99,76%, com duas vagas para todo o estado. Porém, na prática, a própria Secretaria de Estado da Saúde admite que os leitos que vagam já estão reservados a outros pacientes. Ou seja, já não estão disponíveis.

Taxa de ocupação de leitos de UTI, somando UTI geral e UTI Covid, por região catarinense — Foto: Reprodução/SES Leitos

Dos 1.603 leitos de UTI SUS em Santa Catarina, 1.539 estão ocupados, sendo 885 por pacientes com suspeita ou confirmação de Covid-19. Na segunda, 884 pessoas estavam na UTI por causa da doença. No site do governo do estado, é possível verificar a ocupação desses leitos em cada hospital.

Suspensão do transporte de pacientes para o ES
A Secretaria de Estado da Saúde e o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina informaram nesta terça que foi suspenso nos próximos dois dias, na quarta (10) e quinta (11), o transporte de pacientes para tratamento da Covid-19 no Espírito Santo.

Na terça, o superintende de Urgência e Emergência, Diogo Losso, disse que na sexta será reavaliada a possibilidade de envio de novos pacientes. Segundo ele, a decisão de suspensão foi acordado entre os dois estados.

“Em comum acordo, pois eles também estão com aumento de casos. Nestes próximos dois dias vamos entender como está a demanda deles, se vão conseguir ainda nos ceder as vagas. Depois disso vamos voltar a conversar e aí se for o caso, na sexta-feira (12) a gente retoma os transportes”, disse Diogo Losso.

Confira os principais dados do boletim:

  • 712.063 casos confirmados. Na segunda (8), eram 709.077;
  • foram acrescentados ao boletim 2.986 casos em 24 horas;
  • 8.170 mortes. Na segunda, eram 8.062;
  • 672.006 recuperados;
  • 31.887 pacientes em tratamento. Na segunda, eram 33.564;
  • taxa de ocupação de leitos de UTI SUS é de 96%;
  • 64 leitos vagos. Na segunda, eram 62
  • testes com resultado: 900.039 PCR e 805.707 testes rápidos, além de 9.626 diagnósticos clínicos;
  • 7.342 testes em análise no Lacen;
  • todos os 295 municípios de Santa Catarina têm pelo menos um caso de Covid-19;
  • 284 cidades registram pelo menos uma morte pela doença.

Pedidos de transferência e mortes

Veja abaixo, por região, quantos pacientes em Santa Catarina esperam por um leito de UTI-Covid:

  • Grande Oeste (região de Chapecó) – 170
  • Meio-Oeste (região de Joaçaba) – 32
  • Serra (região de Lages) – 23
  • Norte (região de Joinville) – 50
  • Vale do Itajaí (região de Blumenau) – 6
  • Foz do Rio Itajaí (região de Itajaí) – 7
  • Sul (região de Criciúma) – 51
  • Grande Florianópolis – 56

 

O total é de 395 pessoas.

Em relação às mortes de pacientes com Covid-19 que aguardavam por transferência para um leito de UTI ou enfermaria, houve mais um óbito no Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, no Oeste, e mais dois no Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, em São Miguel do Oeste, na mesma região, de segunda para esta terça, informaram as unidades.

A Prefeitura de Lages afirmou que houve duas mortes na Serra de pacientes nesta situação: uma em Otacílio Costa e outra em São Joaquim. De acordo com o levantamento feito pelo G1, ocorreram óbitos em:

  • Xanxerê – 28 mortes
  • Maravilha – 7 mortes
  • São Miguel do Oeste – 21 mortes
  • Chapecó – 16 mortes
  • Itapema, no Litoral Norte – 1 morte
  • Canoinhas – 1 morte
  • Otacílio Costa – 1 morte
  • São Joaquim – 1 morte

Os hospitais Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, e Santa Terezinha, em Joaçaba, no Oeste, além da Prefeitura de Joinville, no Norte, informaram que não houve casos de mortes de pacientes que estão na fila de transferência.

Já as prefeituras de Florianópolis, Chapecó, no Oeste, Blumenau, no Vale do Itajaí, Criciúma, no Sul, e o Hospital São Francisco, de Concórdia, no Oeste, apontaram que somente o estado poderia informar sobre mortes de pacientes da Covid em lista de espera por transferência nessas cidades. O G1 aguardava manifestação da Secretaria de Estado da Saúde até a publicação desta notícia.

Vacinação

Até esta segunda (8), 323.559 doses da vacina contra a Covid-19 tinham sido aplicadas em Santa Catarina, informou a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive). Desse conjunto, 248.841 pessoas receberam a primeira dose e 74.718, também a segunda.

A Dive também divulgou no site quantas doses foram aplicadas em cada município.

Portal Guaíra com informações do G1