A empresa biofarmacêutica AstraZeneca anunciou que a vacina criada em conjunto com a Universidade de Oxford deverá ter uma eficiácia de 100% para os casos mais complexos e graves do coronavírus.

A informação foi dada pelo diretor-executivo da indústria, Pascal Soriot, em entrevista ao jornal britânico Sunday Times. Segundo ele, pesquias própria mais recentes encontraram a “fórmula vencedora” da vacina.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A expectativa da empresa é a de que a vacina seja aprovada pela agência reguladora britânica nos primeiros dias de 2021. No Reino Unido, o imunizante da Pfizer, que tem eficácia de 95% começou a ser aplicado.

Os resultados iniciais do laboratório chegaram a uma média de 70% de eficácia. “Acreditamos ter encontrado a fórmula vencedora e como alcançar uma eficácia que, com duas doses, é tão alta quanto as outras”, disse Soriot.

As informações são do SBT News