(Foto: TV Globo/Reprodução)

Desde o início do mês de agosto, consumidores estão sentindo uma redução no valor da conta de luz. Segundo a Companhia Paranaense de Energia (Copel), a diminuição foi de 13,4%, em média, e se deu em função da redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a tarifa de energia, de 29% para 18%, determinada pelo Governo do Estado no final de junho.

A redução na conta de luz está valendo para todas as classes consumidoras da Copel, de forma linear. A redução chegou a impactar alguns dias do consumo de junho, mas passou a ser integral somente no consumo de julho, que é faturado em agosto. Por conta disso, os consumidores estão notando a diminuição do valor de fato neste mês.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Além disso, a energia elétrica não só no Estado, mas em todo o País, foi um dos serviços que puxou a inflação de julho para baixo. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial, teve queda de 0,68% no mês, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No Paraná, a queda da inflação na RMC superou o declínio dos preços observados no País em julho e também foi a maior entre as dez regiões metropolitanas cobertas pelo levantamento do IBGE: o recuo foi de 1,41%, puxado principalmente pela energia elétrica (-11,8%) e gasolina (-17,1%).

Entre os grupos de bens e serviços que compõem o IPCA, a RMC também apresentou quedas em habitação e transportes, cujas variações atingiram -2,96% e -4,91%, respectivamente.

Portal Guaíra com informações da Tarobá