ad

[dropcap color=”#dd3333″]U[/dropcap]m caso de maus tratos a um cachorro foi registrado em Céu Azul, nesta semana, causando revolta da população.

A Polícia Militar foi acionada por populares que relatavam que um animal estava amarrado em uma árvore e uma pessoa torturava o cão.

Chegando ao local, os policiais se depararam com o cão pendurado, amarrado em uma árvore, e o suspeito, que se negou a obedecer a voz de abordagem. Ele disse que não se levantaria e não “iria obedecer nenhum porco”.

Foi preciso conter o indivíduo para realizar a abordagem. A equipe não encontrou ilícitos com o suspeito, mas constatou que o cachorro estava com uma faca cravada no membro torácico esquerdo, agonizando.

Os policiais deram voz de prisão em flagrante ao homem e acionaram a Vigilância Sanitária e o médico veterinário da prefeitura. Chegando ao local, o profissional apenas pode constatar a morte do cão.

O homem preso foi levado para o destacamento da PM e depois para a delegacia.

Enquanto o boletim do caso era confeccionado, a dona do cachorro procurou os policiais, afirmando que tinha o animal há 10 anos. Segundo ela, o cão era dócil e ficava no pátio da casa.

Ainda de acordo com a dona do cachorro, o homem estaria passando em frente à casa dela há alguns dias, em contato com o animal para pegar a confiança dele. O cão havia sumido logo após o banho.

Informações dão conta de que essa não é a primeira vez que o indivíduo é preso por maus tratos a animais.

Portal Guaíra com informações da CGN


CLINICA SALUTAR