Em nota, o estabelecimento repudiou as imagens gravadas por seus funcionários e informou que tomou as providências legais para demitir os envolvidos


A Clínica Oeste, que teve seu nome envolvido com a gravação do corpo de Cristiano Araújo feita por seus funcionários, se posicionou na noite de quinta-feira (25) sobre o acontecimento. Em nota à imprensa, o estabelecimento esclareceu que “repudia com veemência” o ato.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Além disso, a clínica explicou que tem como regulamento interno a proibição de gravações que mostrem qualquer etapa do trabalho realizado pela equipe. Na nota, o estabelecimento ainda informou que já tomou as providências legais para “efetuar as demissões por justa causa”.

Polêmica

Uma gravação que mostra o corpo do cantor Cristiano Araújo sendo preparado para o velório viralizou nas redes sociais e causou a revolta de muitos internautas, que condenaram o posicionamento dos funcionários que aparecem nas imagens.

Os responsáveis pela gravação poderão, inclusive, responder criminalmente por vilipêndio de cadáver, quando há desrespeito com o corpo.

Leia Também:
Celebridades – Vídeo com preparação do corpo de Cristiano Araújo para funeral vaza na web e polícia investiga
Goiânia – ‘Cristiano Araújo’: corpo do cantor sertanejo é enterrado

Confira a nota da Clínica Oeste na íntegra:

[quote font_size=”14″ bgcolor=”#dddddd” bcolor=”#dddddd” arrow=”yes”]

NOTA À IMPRENSA
Em virtude dos últimos acontecimentos envolvendo a divulgação de imagens do corpo do cantor Cristiano Araújo, a Clínica Oeste vem a público informar que repudia com veemência o ato dos dois funcionários que, de maneira mórbida, gravaram e divulgaram tais imagens.
A clínica tem como procedimento orientar sua equipe que, inclusive, assina regulamento interno de trabalho e Ordem de Serviço de Segurança e Medicina do Trabalho individual para cada caso, documentos estes que proíbem que toda e qualquer etapa do trabalho desenvolvido na empresa seja gravado, fotografado e, principalmente, divulgado.
Diante do erro cometido por dois funcionários de seu quadro profissional, a clínica informa que não é conivente com este tipo de conduta e que já tomou as providências legais para efetuar as demissões por justa causa.
A Clínica Oeste existe há quatro anos e reitera seu compromisso com a ética, a transparência, o zelo pela prestação do serviço e o respeito às famílias, e se solidariza com todos os que, como ela, repudiam tal ato.”[/quote]

velorio-cristiano-araujo

Portal Guaíra com informações do O Popular