tayná-300x279O Tribunal de Justiça aceitou o pedido de exumação no corpo da adolescente Tayna Adriane da Silva, 14 anos.

O advogado Luis Gustavo Janiszewski, que defende a família de Tayna já havia solicitado a exumação por ter várias dúvidas em relação ao homicídio. No mesmo documento em que a Vara Criminal de Colombo negou o pedido, a Justiça deferiu o mesmo pedido feito pelo Ministério Público.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na tarde de ontem (28) sob total sigilo foi realizada no Cemitério Ecológico Jardim da Colina, em Colombo, a exumação. Dois peritos e os dois promotores do Ministério Público acompanharam a perícia do cadáver, bem como o médico legista que assinou o laudo da necropsia.

De acordo com os promotores, a perícia foi positiva e o estado de putrefação do corpo não impediu que os peritos examinassem e extraíssem suas conclusões, que não serão divulgadas em virtude do sigilo da investigação.

O Ministério Público do Paraná também esclarece que renovará nesta quinta-feira (29), o prazo de mais 30 dias para continuidade das investigações, conforme solicitado pela autoridade policial.

Fonte: Catve