A Polícia Militar cumpriu 14 mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira (22).

Do total, dez foram cumpridos em Cascavel, três em Santa Helena e um em Campo Bonito.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A ‘Operação Xadrez’ é resultado de sete meses de investigação do Serviço Reservado (P2), que acompanhou a movimentação da quadrilha especializada em tráfico de drogas.

Durante esses meses, os policiais do 6º BPM contaram com apoio do Gaeco e também do Serviço de Inteligência do 5º CRPM. Hoje, policiais do Pelotão de Choque ajudaram no cumprimento de mandados.

Só nesta terça-feira, em Cascavel, duas mulheres foram presas e uma adolescente apreendida. Com elas foram encontradas pequenas porções de maconha.

Um homem de 52 anos também foi detido. Ele é ex-policial militar, expulso da corporação há 25 anos. Na casa dele foram encontrados três revólveres calibre 38; uma pistola 380, diversas munições, cheques furtados e agrotóxicos contrabandeados.

O articulador da quadrilha foi preso ontem aqui  em Guaíra pela Polícia Civil. Joaquim Luiz Pereira era de Cascavel e havia mudado no último fim de semana para o município. O homem tinha três mandados de prisão em aberto pelo crime de estelionato, por usar nome falso.

Leia Também:
Guaíra – Polícia Civil prende foragido da Penitenciária de Guarapuava

Conforme a polícia, Joaquim intermediava a compra e venda de drogas e tinha os contatos dos fornecedores das barrancas de rios.

De acordo com as investigações, a quadrilha fornecia drogas para alguns traficantes de Cascavel, Ibema, sudoeste do Paraná e até para Santa Catarina.

De março até agora, enquanto o esquema era investigado, a Polícia Militar apreendeu espingarda, duas pistolas calibre 380, dois revólveres calibre 38 e cerca de uma tonelada de maconha.

OPERAÇÃO XADREZ 2

OPERAÇÃO XADREZ 3

OPERAÇÃO XADREZ

Portal Guaíra com informações da CGN