“Um dos maiores acidentes neste ano de 2022”, essa é a descrição feita pela Tenente Marcela do Corpo de Bombeiros sobre o engavetamento que envolveu dez veículos, na tarde desta sexta-feira (15).

Segundo testemunhas, acidente se deu por conta de um caminhão entrou na contramão na alça de acesso da BR 467 sair do Contorno Oeste, quando tentou consertar a manobra ‘segurou o trânsito’ e uma carreta atingiu os veículos que haviam reduzido a velocidade.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Na rodovia ficaram os estilhaços da forte batida entre o Uno, Voyage, Creta, Mobi, SW4, caminhão leiteiro, guincho, dois caminhões baú e carreta. O veículo que teria causado o engavetamento foi identificado pela Polícia Rodoviária Federal de Quatro Pontes.

Ao todo, nove pessoas ficaram feridas, deste número três estão em estado grave. Na SW4 estavam quatro pessoas, inclusive um bebê que saiu ileso por estar na cadeirinha. Já a mãe da criança está em situação grave. O pequeno ficou com os avós que também estavam no carro.

Além disso, o motorista de um caminhão sofreu fratura nas duas pernas, porém está estável e por isso não foi classificado como caso grave. Uma das vítimas foi avaliada tanto pelo médico do Siate quanto do Samu e depois encaminhada para a unidade hospitalar.

A Tenente Marcela conta que nos outros carros que capotaram ou saíram da pista, os passageiros tiveram ferimentos considerados leves.

A oficial também relata que as equipes tiveram dificuldade de acesso ao local do acidente. Em relação a estratégia do atendimento em um caso como esse Marcela detalha que “o critério principal é identificar a quantidade de vitimas, prioridade de atendimento e classificação dos recursos”.

Grande fila de veículos foi formada durante o atendimento. O trânsito ficou totalmente interditado no sentido Cascavel/Toledo. Condutores que passam pela rodovia devem redobrar os cuidados, reduzindo a velocidade e obedecendo a sinalização provisória.

Portal Guaíra com informações da Catve