(Foto: Thomas Peter/Reuters)

Cascavel registra a primeira morte de um servidor da Saúde neste sábado (20), mesmo dia em que se registra a lotação máxima de leitos do SUS disponíveis para Covid-19.

A 31ᵃ morte é de uma técnica de enfermagem, que deu a luz a um bebê há apenas 15 dias. A mulher tinha apenas 30 anos e trabalhava em um hospital privado.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Segundo a prefeitura, ela veio a óbito nesta noite em hospital particular.

“A SESAU lamenta profundamente o ocorrido e reforça o pedido para que todos mantenham o distanciamento social e fiquem em casa sempre que possível”, informa o Município em nota.

Todos os leitos do Hospital Universitário e do Hospital de Retaguarda estão ocupados.

O Hospital de Retaguarda em 10 leitos de UTI, todos preenchidos, assim como os 20 leitos de UTI do HU.

Casos respiratórios começarão a ser levados para outras UPAS, provavelmente UPA Veneza.

As informações são do Blog Laís Laíny/Catve