O advogado de defesa Ismael Kalil falou com o Portal Catve sobre a adiência realizada no início da tarde de terça-feira (10).

O caso trata-se da morte de Silvia Caroline França de 25 anos e a filha, Ana Lis França de 10 meses. Elas foram encontradas já sem vida na tarde de 11 de setembro de 2019, em um imóvel de fundos de pouco mais de 20 metros quadrados, na Avenida Carlos Gomes

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Conforme informado, o acusado, no primeiro momento, responderia por dois homicídios, porém no laudo pericial da bebê de 10 meses a causa morte foi inconclusiva.

Diante do fato, a denúncia foi modificada para que o envolvido responda por homicídio, pela morte de Silvia Caroline França, e abandono de incapaz com resultado morte de Ana Lis França. O Juiz acolheu o requerimento do Ministério Público e o acusado vai à Júri Popular nos próximos meses.

“Essa audiência de hoje foi para interrogar o (acusado) referente ao crime do abandono de incapaz com resultado morte, referente a morte da criança.”

De acordo Ismael Kalil, a defesa apresentou a intenção de recurso e vai apresentar o recurso para o Tribunal de Justiça apreciar.