No fim da noite de quarta-feira (26) equipe do Samu foi acionada para realizar o transporte de uma adolescente, de 13 anos, da UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) Tancredo Neves, até o Hospital Universitário.

Durante o curto trajeto, a adolescente relatou ao enfermeiro do Samu que é vítima de estupro pelo padrasto, e que sofre abusos há três anos. Além disso, afirmou que a mãe tem conhecimento de toda a situação.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ao chegar no hospital, a equipe policial fez contato com o Conselho Tutelar que aguarda a liberação da vítima para que fosse encaminhada ao abrigo provisório.

A mãe da criança chegou ao hospital e ao ser questionada pela Polícia o deslocamento ela não soube revelar quem a levou. Com base nas características, o padrasto da menina foi preso ainda nas proximidades do Hospital e encaminhado à Delegacia da Polícia Civil. O preso pode ficar até 15 anos preso.

A menina, assim que liberada do hospital, deve passar por exames no IML (Instituto Médico-Legal) de Cascavel.

Portal Guaíra com informações da Catve