PRFTrês pessoas morreram na hora em um grave acidente no início da noite de sexta-feira (19), na BR-476, no município de Bocaiúva do Sul, região metropolitana. Uma criança de apenas 3 anos foi a única sobrevivente com nenhuma lesão grave. Um casal e uma menina de 12 anos morreram no local. A identificação das vítimas ainda não foi divulgado, mas eles podem ser todos de uma mesma família.

De acordo com testemunhas, um caminhão caçamba tombou em cima do carro e os dois caíram em uma ribanceira. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o caminhão ficou apoiado em algumas árvores e a carga pressionava o carro a todo instante. O socorrista Paulo Henrique, do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), disse à Banda B que o resgate foi dramático, com risco iminente o tempo todo para a equipe de salvamento.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ele afirmou, em entrevista, que em meio a tanta tragédia, resgatar o menino com vida foi praticamente um milagre.

“A situação estava bem complicada porque quatro pessoas estavam encarceradas dentro do veículo que o caminhão colidiu. O motorista do caminhão também estava preso. Nesse momento já tinham dois óbitos e a garota que estava em estado muito grave no meio dos bancos. A criança de três anos estava na cadeirinha, praticamente ilesa. Todo mundo ficou muito feliz de ter tirado a criança porque pela situação foi um milagre mesmo”, descreveu.

O socorrista contou que o motorista do caminhão foi retirado primeiro pela facilidade, já que não havia possibilidade de mexer nos dois veículos no mesmo tempo. Logo depois, a garota de 12 anos faleceu e o resgate para tirar o garoto na cadeirinha foi o mais delicado. O carro estava totalmente destruído. “Foi uma situação muito traumática porque a carga do caminhão ficava empurrando e esmagando o veículo o tempo todo”, contou Paulo.

A identificação oficial das vítimas não foi divulgada até a noite de ontem (20). O menino foi transportado até o Hospital Evangélico de Curitiba e passa bem.

Fonte: Banda B