O coronavírus segue causando dor e sofrimento no Paraná e a situação parece estar longe de um desfecho. Em Campo Mourão, uma moradora de Peabiru passou duas horas dentro da ambulância à espera de um leito na Santa Casa.

A situação da mulher era considerada grave e ela só conseguiu vaga na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital após a morte de um outro paciente.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

De acordo com o jornal ‘Tribuna do Interior’, que acompanhou de perto a situação, em dado momento o oxigênio que era administrado à paciente terminou e foi necessária a intervenção de uma outra viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A mulher é tia de uma jovem de 25 anos, também de Peabiru, que faleceu há poucos dias em decorrência da Covid-19.

Portal Guaíra com informações do OBemdito