Moradores de Campo Mourão, reclamam da forma como o médico Francisco Fernandes Claudino, proprietário do hospital Pronto Socorro tem tratado os pacientes.

Segundo uma das pacientes que estava internada, ela foi praticamente expulsa pelo médico.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Eu estava com tontura, ele (médico) catou o lençol, tirou com a comida e tudo, jogou para as enfermeiras e falou caminhem, vão tudo embora eu não quero mais ver vocês por aqui. Eu fiquei boba”, relatou Domingas Meira Rosa.

A situação tem revoltado a população e gerado muitas reclamações.

A reportagem tentou falar com o médico acusado, mas a secretária informou que ele estaria em procedimento cirúrgico e não poderia contar sua versão.

Fonte: CGN