O superintendente Marcos Antônio Gogola da Delegacia de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, foi assassinado a tiros por volta das 10 de hoje (5) no centro do município. Ele levava um preso a um consultório médico na rua Dom Pedro II quando foi abordado por bandidos dentro do consultório.

Marcos Gogola (em primeiro plano) em entrevista ao Programa Casos de Polícia da Banda B
Marcos Gogola (em primeiro plano) em entrevista ao Programa Casos de Polícia da Banda B

De acordo com as primeiras informações, os bandidos queriam resgatar o preso que foi levado ao consultório sob a escolta do superintendente. O preso que foi resgatado pelos bandidos foi identificado como Dionatan Mendes de Quadros. Segundo informações, Gogola estava acompanhado do carcereiro Marcos Vieira Nihus, 26 anos, que recebeu um ou dois tiros pelas costas e foi levado para atendimento no Hospital Nossa Senhora do Rocio.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Houve troca de tiros e Gogola foi atingido por uma bala na cabeça. O corpo dele está caído dentro do consultório. Os bandidos fugiram em um Kia/Cerato de cor preta, que foi abandonado na zona rural de Campo Largo. Várias viaturas da Polícia Militar e Civil, Guarda Municipal, helicóptero estão indo em direção a BR-277 na tentativa de encontrar os bandidos e o preso foragido.

Foto: Folha de Campo Largo
Foto: Folha de Campo Largo

Fonte: Folha de Campo Largo