Foto: IG Reprodução

ad

[dropcap color=”#81d742″]U[/dropcap]m homem invadiu a catedral da cidade de Campinas nesta terça-feira (11), realizou disparos e matou quatro pessoas, além de deixar pelo menos quatro feridos. Depois disso, cometeu suicídio em frente ao altar.

O tiroteio aconteceu na principal igreja da cidade que tem mais de 1 milhão de habitantes. A missa, que teve início às 12h15, tinha se encerrado cinco minutos antes da ação do criminoso.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O delegado Hamilton Caviola, responsável pela investigação, informou que o homem entrou na catedral armado de uma pistola automática e de um revólver calibre 38, além de quatro carregadores. Ele permaneceu sentado por cerca de dois minutos. Depois disso iniciou os disparos.

Imediatamente ele foi contido por dois policiais. Um deles conseguiu alvejar o atirador, que ainda com vida, disparou contra si próprio. As conclusões vieram através das imagens cedidas pela própria igreja. “Ele teve tempo para respirar, pensar e só depois agiu. Em um primeiro momento, tudo leva a crer que foi um crime planejado”, explicou o delegado.

Os quatro feridos após os tiros foram encaminhados para o Hospital Municipal Mário Gatti e, segundo o Corpo de Bombeiros, estão em situação estável.

Em princípio, a principal suspeita da polícia era de que o homem teria entrado na igreja atrás de uma mulher que tinha sido assaltada por ele. A possibilidade, entretanto, foi descartada após relatos de fiéis que estavam no local durante a ação do criminoso.

Portal Guaíra com informações do IG