ad

O corpo que foi encontrado na sexta-feira (30) em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi identificado na noite do mesmo dia como sendo de João Paulo Ferreira Amorim Valadão, de 31 anos. Os restos mortais foram achados 51 dias após a última localização de vítima na área do desastre.

Segundo a Polícia Civil, cinco segmentos de corpos foram entregues ao Instituto Médico Legal (IML). Em um deles, formado por tronco e cabeça, a equipe do IML identificou por meio de exames de arcada dentária como sendo de João Paulo, que estava como o nome na lista de desaparecidos. Não foi possível coletar impressão digital.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com essa identificação, o número de mortos subiu para 249 e outras 21 pessoas seguem desaparecidas ou sem identificação.

O rompimento da barragem B1 da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, em 25 de janeiro de 2019, é considerado um dos maiores desastres socioambientais do país.

Portal Guaíra com informações do G1