A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na tarde deste domingo (5) em Francisco Alves, região noroeste do Paraná, 352 quilos de maconha.

Os policiais rodoviários federais em fiscalização pela BR-272, deram ordem de parada a condutora de um veículo Range Rover Evoque, que esboçou uma tentativa de fuga mas parou após alguns quilômetros.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Aos policiais, a condutora de 47 anos informou que carregou o veículo na região de fronteira e levaria até o interior de São Paulo. Ela seria moradora de Londrina, e disse aos policiais que já teria sido presa outras vezes por tráfico de drogas e armas.

A equipe PRF constatou que o veículo apresentava com placas falsas e que na verdade teria sido roubado em Londrina, no norte do estado, em dezembro de 2019.

A condutora foi presa e responderá pelos crimes de tráfico de drogas e receptação. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Federal em Guaíra.

Mais cedo, em operação conjunta da PRF com a Polícia Federal na BR-163,  foram apreendidos 53 quilos de maconha em um veículo Chevrolet Prisma.

O condutor de 23 anos informou aos policiais que carregou o veículo com a droga em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, e que levaria a carga até a cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Ao verificarem o veículo, os policiais constataram que portava placas adulteradas e que teria sido roubado em Canoas, RS, em fevereiro deste ano.

O condutor foi preso e responderá pelos crimes de tráfico de drogas e receptação. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Policia Federal de Guaíra.

ATUALIZAÇÃO (19:00)

A PRF enviou uma atualização das apreensões no início da noite. A droga que estava sendo transportada na Range Rover pesou em nova conferência 356 quilos. No total das duas ações a Polícia Rodovia Federal apreendeu 409 kg de droga.

Esta ação integrada faz parte da OPERAÇÃO HÓRUS, realizada pela POLÍCIA FEDERAL (PR e MS), COBRA/BPFRON, POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL (PRF), BOPE/PMMS, FORÇA NACIONAL e pelo EXÉRCITO BRASILEIRO, com apoio da SEOPI – Secretaria de Operações Integradas/MJSP.

Portal Guaíra com informações da PRF