(Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)
ad

O Palmeiras mostrou que de fato é campeão na tarde de domingo (27). Com a vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense, alcançada no estádio Palestra Itália, o time alviverde garante o título brasileiro de maneira antecipada, encerrando um jejum de 22 anos.

Protagonista de uma campanha com 23 vitórias, oito empates e seis derrotas, o Palmeiras tem 77 pontos em 37 jogos e não pode mais ser alcançado pelo Santos. Às 17 horas (de Brasília) de domingo, no Barradão, o time que sabe ser brasileiro se despede contra o Vitória. Já a Chapecoense, nona com 52 pontos, recebe o Atlético-MG no mesmo horário.

Precisando apenas de um empate para ser campeão antecipado diante da torcida que canta e vibra, o Palmeiras levou de vencida com um gol do lateral Fabiano. A equipe palestrina não conquistava o título do Campeonato Brasileiro desde a temporada de 1994.

O título alcançado no domingo é o segundo desde a reabertura do Estádio Palestra Itália, palco da Copa do Brasil 2015. Dono de 13 conquistas nacionais, o Palmeiras amplia a vantagem no quesito sobre Santos e Corinthians, empatados com nove. Pelos critérios da CBF, o Alviverde ainda passa a ser o único eneacampeão brasileiro.

Mostrando que sabe bem o que vem pela frente, Cuca previu que o Palmeiras ganharia o Brasileiro ainda em abril, logo após cair na semifinal do Campeonato Paulista. O técnico, vice estadual como jogador em 1992, finalmente ganha uma faixa de campeão pelo time do coração.

Gabriel Jesus, artilheiro da linha atacante de raça, disputou sua última partida com a camisa do Palmeiras no Palestra Itália antes da transferência para o Manchester City. O jovem de 19 anos, formado nas categorias de base, disputou apenas 35 partidas no estádio.

(Fotos: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
(Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Portal Guaíra com informações da Gazeta Esportiva