Arena Corinthians recebe neste domingo seu primeiro jogo oficial (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

Cerca de 40 mil torcedores vão participar de um jogo histórico para o Corinthians neste domingo (18), a partir das 16h (horário de Brasília), contra o Figueirense. Mais do que a busca pela liderança em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o clube comemora a realização do primeiro jogo oficial em sua nova Arena, ainda em obras para receber a abertura da Copa do Mundo, entre Brasil e Croácia, dia 12 de junho. Do outro lado, o Figueira pretende deixar a lanterna da tabela e estragar a festa programada.

O Corinthians espera se adaptar logo ao novo estádio para não sofrer demais com a transição pós-Pacaembu. Por isso, o técnico Mano Menezes comandou dois treinos no local, sexta e sábado, na tentativa de se familiarizar com a nova casa, que foi construída em Itaquera, na Zona Leste da capital paulista. A principal preocupação é com o gramado, mais baixo, que faz a bola correr mais.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Com oito pontos em quatro partidas, o Timão pode reassumir a liderança se vencer e, ao mesmo tempo, Internacional e Fluminense tropeçarem diante de Criciúma e Grêmio, respectivamente.

Estragar a festa do Corinthians, marcar o primeiro gol e vencer a primeira no Brasileirão. Esses são os objetivos do lanterna Figueirense, que busca evitar uma marca negativa. Caso perca mais dois jogos, a equipe de Florianópolis iguala o pior início de Brasileirão nos pontos corridos – a marca é do Atlético-PR, que, em 2005, só foi pontuar na sétima rodada.

Arena Corinthians recebe neste domingo seu primeiro jogo oficial (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)
Arena Corinthians recebe neste domingo seu primeiro jogo oficial
(Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)

ESCALAÇÕES

Corinthians: Mano não divulgou o time que estreia na Arena, mas deixou suas pistas. Após a boa atuação no amistoso de quarta-feira contra o Atlético-PR, em Curitiba, o meia Renato Augusto deve formar dupla de armação com Jadson, que volta após ter ficado fora contra o São Paulo. Assim, Petros vai para o banco. O time deve ter Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Jadson; Romarinho e Guerrero.

Figueirense: o técnico Guto Ferreira optou por tirar o atacante Dudu e colocar o volante Rivaldo, aumentando o número de jogadores no meio-campo. No último treinamento, no sábado, o volante Nem foi vetado pelo DM e, em seu lugar, Luan entra. O meia Giovanni Augusto, recuperado de lesão, deve retornar ao time, no lugar de Marco Antônio. O provável Figueirense tem: Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e Guilherme Lazaroni; Paulo Roberto, Luan, Rivaldo e Giovanni Augusto; Everton Santos e Ricardo Bueno.

Fonte: Globo Esporte