Bolsonaristas invadiram e depredaram palácio presidencial, Congresso e STF.

Polícia do DF acompanhou movimentação dos golpistas pela manhã e não freou ataque na Esplanada dos Ministérios.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Agora, com prédios destruídos, tenta retirar invasores.

Lula decreta intervenção federal no Distrito Federal e nomeia Ricardo Garcia Cappelli como novo responsável pela segurança pública na capital. Cappelli é secretário-executivo do Ministério da Justiça, braço direito do ministro Flávio Dino.

Associação Brasileira de Imprensa vê inédita agressão ao Estado Democrático de Direito

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI ) afirma que “a Nação assiste, atônita e estarrecida, às cenas lamentáveis de invasão do Congresso, do STF e do Palácio do Planalto por terroristas bolsonaristas, em atos golpistas que haviam sido previamente anunciados nas redes sociais. Trata-se de inédita agressão ao Estado Democrático de Direito, que tem de ser punida com os rigores da lei. A Associação Brasileira de Imprensa repudia com veemência tais atos de terrorismo e vandalismo e lamenta que as forças policiais e de segurança não tenham agido para impedir tais violências contra o patrimônio público e a democracia. As autoridades do GDF foram ausentes, para não dizer coniventes.”

As informações são do G1