As autoridades públicas de saúde contabilizaram 610.491 vidas perdidas desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, os órgãos de vigilância em saúde registraram 267 novas mortes. Até ontem, a soma de óbitos estava em 610.224.

Ainda há 2.897 falecimentos em investigação. Essa situação ocorre pelo fato de haver casos em que o paciente faleceu, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demandar exames e procedimentos posteriores.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Também conforme o levantamento das secretarias de saúde e do Ministério da Saúde, o total de pessoas infectadas desde o início da pandemia alcançou 21.939.196. Nas últimas 24 horas, o monitoramento das secretarias confirmou 14.598 novos diagnósticos positivos da doença. Na quinta, o painel de dados do Ministério da Saúde totalizava 21.924.598 casos acumulados.

Ainda há 190.121 casos em acompanhamento, de pessoas que tiveram o quadro de covid-19 confirmado. Até esta sexta-feira, 21.138.584 pessoas já se recuperaram da covid-19.

Os dados estão na atualização diária do Ministério da Saúde divulgada nesta sexta-feira (12). O balanço é elaborado a partir das informações enviadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre casos e mortes relacionados à covid-19. Não foram incluídos os dados de São Paulo.

Os números em geral são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Após os fins-de-semana e feriados, em geral há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizado.

Estados
Segundo o balanço do Ministério da Saúde, no topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão São Paulo (152.539), relativos a ontem, Rio de Janeiro (68.665), Minas Gerais (55.885), Paraná (40.701) e Rio Grande do Sul (35.782).

Já os estados com menos óbitos resultantes da pandemia são Acre (1.845), Amapá (1.995), Roraima (2.038), Tocantins (3.897) e Sergipe (6.034). Não houve novas mortes entre ontem e hoje no Acre e em Sergipe.

Portal Guaíra com informações da EBC