Imagem ilustrativa pexels

O setor que mais apresentou acordos entre patrões e funcionários em maio é o de serviços, de acordo com números do Ministério da Saúde. Os combinados variam entre suspensão de contrato e redução de jornada e salário.

Dos 1,9 milhões de acordos registrados, mais de 1 milhão foram se deram na área. O alto número, que começou a ser contabilizado no dia 28 de abril, é puxado principalmente por restaurantes e bares, que ainda funcionam com restrição.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Outros setores utilizaram menos acordos, pois muitos podem funcionar normalmente. Os comércios registraram 493 mil combinados e a indústria teve 355 mil. Os menores números estão nas áreas de construção (33 mil) e agropecuária (5 mil).

Portal Guaíra com informações da TV Cultura