O músico Zaqueo Rodrigues e o filho Gabriel da Paz Rodrigues são dois vencedores da luta contra o coronavírus. A família de Curitiba enfrentou com força e coragem os efeitos da covid-19. Após o jovem passar mais de 22 dias entubado, o patriarca teve que encarar 29 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para vencer a batalha.

“Quando estava acabando o nosso isolamento o meu pai se arruinou e acabou sendo internado também” conta Jesiely da Paz Rodrigues, que teve que participar dessa luta junto com a mãe enquanto pai e irmão estavam com a doença.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Eu quase morri”, recorda jovem
A batalha na família Rodrigues contra o coronavírus começou quando o filho Gabriel foi infectado. O jovem precisou passar duas semanas na UTI e chegou a ficar 22 dias entubado.

“Eu fiquei 22 dias entubado, nesse período que fiquei entubado eu quase morri, porque eu tive uma parada cardíaca. Os profissionais levaram em torno de 10 minutos para me reanimar, mas graças a Deus deu tudo certo”, lembrou Gabriel.

Quando a luta da família parecia vencida, o pai Zaqueo foi diagnosticado. No músico o vírus reagiu com mais força e o homem precisou ficar 29 dias entubado.

“Foi um momento difícil, angustiante. A gente não pode saber se vai melhorar ou se vai piorar”, conta Zaqueo.

O pai da família é músico e toca o trombone a vara na Banda Lira, uma das mais tradicionais de Curitiba. No momento da saída do hospital, os médicos e a família prepararam uma surpresa para Zaqueo.

Um dos músicos foi até o local e para alegria de todos, Zaqueo conseguiu tocar o instrumento de sopro junto com o colega. O momento emocionou a todos “muito emocionante, quase morri do coração”, contou o músico.

Portal Guaíra com informações da RIC Mais