Na sexta-feira, 22, deputados que integram a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), acompanhados da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, tomaram café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada. Na conversa informal, os parlamentares reforçaram intenção de voto no candidato à presidência da Câmara dos Deputados que é apoiado por Bolsonaro, o deputado federal Arthur Lira (PP-AL).

Segundo o vice-presidente da FPA, deputado Neri Geller (PP-MT), a maior parte dos membros da bancada do agro está ao lado de Lira. “É importante frisar que a frente parlamentar não manifesta apoio para um ou outro candidato, já que é uma organização multipartidária. Mas, eu afirmo que 80% da diretoria da bancada está com o Lira”, expôs.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Atualmente, na corrida para presidência da Câmara dos Deputados, a polarização de votos está entre o deputado Arthur Lira, apoiado por Bolsonaro, e Baleia Rossi (MDB-SP) que é indicado pelo atual presidente da Casa, Rodrigo Maia, para sucedê-lo. Há duas semanas, o presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), declarou intenção de voto no companheiro de partido Baleia Rossi, o que incomodou Jair Bolsonaro à época.

Além das discussões sobre a presidência, os parlamentares e a ministra levaram a Bolsonaro as pautas consideradas prioritárias para o agro em 2021. Entre elas, o licenciamento ambiental e a regularização fundiária.

“Nós estamos tratando de uma agenda de Brasil, de responsabilidade. Isso é o mais importante. Estamos pensando em um projeto do país. Não temos vaidades. Queremos construir um agenda em conformidade com os ministros e com o Palácio do Planalto”, pontuou o deputado Evair Mello (PP-ES).

Portal Guaíra com informações do Canal Rural