Jovem de 25 anos, Thassynara Vargas, passou por um grande susto na última sexta-feira (29), no município de Rio de Janeiro, quando teve o dedo do pé roxo, causado pelo contato com um animal.

De acordo com a jovem, ela se arrumou e colocou o tênis para trabalhar. Quando chegou percebeu o bicho dentro do sapato, quando bateu no chão caiu um gongolo, mais conhecido como piolho-de-cobra.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Ainda segundo a vítima, chegou em casa por volta das 19h notou que o pé estava roxo e a unha amarela. “Eu entrei em desespero total!! Comecei a gritar! A pedir socorro! Minha mãe me colocou no box, comecei a lavar o pé com sabão e nada dessa “macha” sair. Liguei para o meu namorado e logo corremos para o hospital!!” disse a Thassyana em uma publicação na internet.

A menina também falou que, a médica não sabia o que fazer, por isso foi avaliada por três médicos. “Chegando lá a médica ficou sem saber o que fazer também, porque nunca tinha visto isso antes, fui avaliada por 3 médicos para que eu saísse de lá com alguma resposta. E fui informada que teria que cuidar direitinho da ferida, pois esses bichos soltam uma substância que queima a pele e essa secreção que eles soltam necrosa a pele, essa parte que está preta, pode descamar, eu posso perder a unha, mas disse que está tudo dentro do normal”.

Ela foi orientada a esperar por alguns dias, pois pode durar cerca de sete a 15 dias. Ela não sente dor, mas conta que é desconfortável ficar com o pé nessa situação.

A jovem fez uma publicação na internet que ganhou repercussão, ela alerta as pessoas para o cuidado ao colocar o calçado. “Estou fazendo esse alerta, para que sempre antes de colocar um sapato fechado, olhem, batam o calçado no chão, prestem muita atenção antes de calça-los. Por favor tomem muito cuidado!”

Portal Guaíra com informações do G1