O ex-presidente Lula participa de uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (10), na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo, na Grande São Paulo.

Durante seu pronunciamento de abertura ele falou “fui vítima da maior mentira jurídica contada em 500 anos”, em referência às condenações relacionadas às investigações da Operação Lava Jato.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Neste contexto, Lula ainda citou a morte da ex-primeira-dama, Marisa Letícia. “Eu sei que a minha mulher, a Marisa, morreu por conta dessa pressão, e o AVC se apressou.”

“Se tem um brasileiro que tem razão de ter muitas e profundas mágoas, sou eu, mas não tenho, sinceramente eu não tenho, porque o sofrimento que o povo brasileiro está passando, o sofrimento que as pessoas pobres estão passando nesse país, é infinitamente maior do que cada dor que sentia quando estava preso na Polícia Federal”, completou.

Portal Guaíra com informações da TV Cultura