O Brasil ultrapassou as 40 mil mortes, segundo atualização do Ministério da Saúde divulgada no início da noite de hoje (11).

O balanço apontou 1.240 novas mortes e 30.412 novos casos de covid-19 nas últimas 24h. Com esses acréscimos às estatísticas, o país chegou a 40.919 falecimentos em função da pandemia do novo coronavírus e 802.828 pessoas infectadas. O país conta ainda com 416.314 pessoas em observação e 345.595 estão recuperados.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O balanço traz um aumento de 3,9% no número de casos em relação a ontem, quando o total estava em 772.416. Já as mortes aumentaram 3,1% em comparação com o dado de ontem, quando foram contabilizadas 39.680.A taxa de letalidade (número de mortes pela quantidade de casos confirmados) ficou em 5,1%. A taxa de mortalidade (falecimentos por 100.000 habitantes) foi de 19,5.

Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (10.145), Rio de Janeiro (7.363), Ceará (4.663), Pará (4.030) e Pernambuco (3.633). Ainda figuram entres os com altos índices de vítimas fatais em função da pandemia Amazonas (2.400), Maranhão (1.360), Bahia (1.013), Espírito Santo (962), Alagoas (681) e Paraíba (570).

Os estados com mais casos são São Paulo (162.520), Rio de Janeiro (75.775), Ceará (73.879), Pará (64.126) e Amazonas (53.989).

PARANÁ

A Secretaria de Estado da Saúde, em informe emitido nesta quinta-feira (11), divulga 627 novos casos da Covid-19, o maior número desde o início do monitoramento da pandemia no Estado. O boletim traz também mais cinco óbitos pela infecção. O acumulado é agora de 8.457 diagnósticos e 280 mortos em decorrência da doença.

Nesta quinta-feira, há 393 pacientes com diagnóstico confirmado internados, sendo 282 em leitos do SUS (131 em UTI e 151 em leitos clínicos/enfermaria) e 111 em leitos da rede privada (42 em UTI e 69 em leitos clínicos/enfermaria).

GUAÍRA

Hoje (11), a cidade de Guaíra/PR completa 39 dias sem casos positivos ativos em território municipal, mesmo com o número crescente de casos nos municípios vizinhos.

Para que os casos continuem zerados é preciso a cooperação de todos.

Respeite as medidas de prevenção, elas são a única forma de conter a disseminação do vírus.

Portal Guaíra com informações da Agência Brasil