O presidente Jair Bolsonaro escolheu nesta segunda-feira (15) o médico Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, como o novo ministro da Saúde no lugar do general Eduardo Pazuello.

O presidente avisou sobre a troca ministerial a pastores evangélicos que se encontraram com ele hoje à tarde.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Governadores e secretários estaduais de Saúde receberam a notícia com otimismo por o considerarem um técnico, mas aguardam a confirmação do Palácio do Planalto.

Queiroga é formado em medicina pela Universidade Federal da Paraíba e fez residência no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro.

As informações são da Veja