Após nove dias internado para se tratar de complicações do coronavírus, o cantor Cauan, de 38 anos, parceiro de Cleber na música sertaneja, continua reagindo positivamente ao tratamento com antibióticos e corticoides ao apresentar uma melhora clínica nesta sexta-feira (21), mesmo que discreta, para respirar com mais facilidade. O quadro geral, porém, ainda é considerado grave e, por isso, ele é observado em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Já o pai do artista, João Luiz Máximo, que também está infectado com o coronavírus, precisou ser internado em uma UTI no mesmo hospital que Cauan, o Anis Rassi, em Goiânia, depois de apresentar falta de ar e baixa na saturação de oxigênio no sangue.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O resultado de uma tomografia realizada na emergência do hospital, nesta tarde, mostra comprometimento dos pulmões entre 25% e 50%. Há três dias, quando João Luiz foi diagnosticado com o vírus, ele estava assintomático.

A atualização do estado de saúde foi divulgada pela família após a equipe médica do hospital comparar os exames diários com os dias anteriores.

Evolução do Cauan
A infecção desencadeada pelo coronavírus chegou a comprometer 75% da funcionalidade dos pulmões. Após o tratamento na UTI, o quadro foi reduzido para 60%, na terça-feira (18), conforme revelou uma tomografia. Esse quadro se manteve estável no boletim desta sexta-feira.

Os sintomas da Covid-19 se manifestaram em 7 de agosto, com dores no corpo e febre, e, no dia seguinte, o artista recebeu a confirmação da doença. Cauan foi internado no dia 12 de agosto, na Clínica do Esporte. Na ocasião, ele já estava com 50% dos pulmões comprometidos.

Goiás tem 113.488 casos confirmados de coronavírus até esta sexta-feira, segundo o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde de Goiás. Ao todo, 2.647 pessoas morreram vítimas da Covid-19 no estado.

Familiares contaminados
O irmão do sertanejo, Fernando Máximo, conseguiu se curar da doença no mês passado, após ficar 10 dias internado numa UTI.

O irmão do cantor é médico e secretário estadual de Saúde de Rondônia. Ele está em Goiânia para acompanhar de perto o tratamento de Cauan.

A namorada do cantor, Mariana Guimarães Moraes, também está infectada. Ela ficou alguns dias com o artista no hospital, sendo observada pela equipe médica junto com ele, mas foi liberada para se tratar em casa assim que Cauan precisou ser transferido para a UTI.

Portal Guaíra com informações do G1