Macil Gonçalves, 32 anos, e Soeli de Andrade, 31, foram presos em flagrante por tráfico de drogas por policiais da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos) esta semana, na BR-277. No interior do carro com o qual o casal retornava da fronteira, foram encontrados 13 quilos de crack. Pelos valores praticados no submundo do tráfico, estima-se que essa quantidade rendesse algo em torno de R$ 650 mil. 

O que mais chamou a atenção é que Mocil e Soeli, que eram casados e trabalhavam montando cestas básicas em Cascavel, usavam a própria filha, de um ano e nove meses, para desviar a atenção da polícia. Enquanto os pais foram levados direto para a prisão, a menina foi encaminhada ao Conselho Tutelar e posteriormente entregue a familiares. 

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------
O crack encontrado em poder do casal estava sendo levado para Cascavel
O crack encontrado em poder do casal estava sendo levado para Cascavel

DENÚNCIA ANÔNIMA 

A viagem em companhia da pequena filha parecia um álibi perfeito para o casal, que só se deu mal por conta de uma denúncia anônima. Ao vistoriar o carro, com placa de Cascavel, a polícia encontrou a droga dividida em tabletes e escondida no tanque de combustível e sob a forração das laterais. 

Durante o depoimento, Mocil negou que tivesse ido ao Paraguai buscar a droga. Disse ter sido contratado por R$ 4 mil apenas para conduzir o veículo de Medianeira até Cascavel.

Fonte: O Paraná