A mobilização foi grande na manhã de sábado (6) para conter um incêndio que tomou conta de um caminhão-tanque bitrem, que tombou enquanto saia da BR-277 e fazia contorno para acessar a BR-163.

Quatro caminhões de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros, um caminhão de combate a incêndio da Ecocataratas, três ambulâncias da Ecocataratas, médico de plantão do Siate e médico de plantão da Ecocataratas foram para o local da ocorrência.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Os bombeiros tentam combater as chamas usando água e também espuma. A fumaça era tão intensa que pode ser vista do Trevo Carelli, 12 quilômetros antes do local do acidente. As chamas chegaram a 10 metros de altura, segundo os bombeiros.

A mulher do caminhoneiro recebeu atendimento na ambulância do Siate, porque estava passando mal. O motorista morreu carbonizado. Ele foi identificado como Elizeu Antunes. Segundo as informações, o homem voltava de Araucária para a empresa que fica a cerca de um quilômetro do local do tombamento. Após o acesso a cabine do bitrem ser liberado, mais um corpo foi localizado.

O Siate informou inicialmente que o caminhão teria tombado em cima de outros dois carros de passeio, mas a informação foi descartada após o incêndio ser controlado.

A Polícia Rodoviária Federal também foi acionada.

CASCAVEL-CAMINHAO-TANQUE-TOMBA-E-EXPLODE

CASCAVEL-CAMINHAO-TANQUE-TOMBA-E-EXPLODE-4

CASCAVEL-CAMINHAO-TANQUE-TOMBA-E-EXPLODE-6

CASCAVEL-CAMINHAO-TANQUE-TOMBA-E-EXPLODE-8

CASCAVEL-CAMINHAO-TANQUE-TOMBA-E-EXPLODE-9

Fonte: CGN