(Foto: Marcos Tomé/ Região News)

O médico plantonista Rodrigo Lima Vilhanueva, de 35 anos, morreu e quatro pessoas ficaram feridas após um grave acidente, envolvendo um caminhão e uma ambulância, na noite de sábado (10), na BR-060, entre os municípios de Sidrolândia e Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, um caminhão, que transportava produtos inflamáveis, teria invadido a pista contrária e colidiu em uma ambulância que retornava de um atendimento com três ocupantes.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Rodrigo Vilhanueva não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. Segundo o registro policial, o condutor do caminhão e o ajudante foram levados para atendimento médico, assim como o motorista da ambulância e a auxiliar de enfermagem que foram encaminhados para o hospital da cidade.

Com o impacto da batida, a ambulância ficou completamente destruída na pista e o caminhão teve a cabine danificada. Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civi, Perícia e Corpo de Bombeiros Militar estiveram no local.

A Prefeitura de Jardim emitiu uma nota de pesar, na manhã deste domingo (11), pela morte de Rodrigo Lima Vilhanueva. O médico atuou na Central da COVID-19, sendo conhecido como um médico “dedicado, gentil e um grande profissional”.

“Com profundo pesar a Prefeitura de Jardim lamenta o falecimento do médico plantonista Dr. Rodrigo Lima Vilhanueva, que faleceu tragicamente em um acidente onde a equipe estava retornando para Jardim após deslocamento de um paciente para um hospital em Campo Grande. A Administração Municipal se solidariza com amigos e familiares do médico Dr. Rodrigo”, diz a nota.

O caso foi registrado como morte a esclarecer pela 1ª Delegacia de Sidrolândia.

Portal Guaíra com informações do G1