Com expectativa de casa cheia, o ginásio do Ibirapuera recebe na noite deste sábado o UFC São Paulo, tendo como atração principal a luta entre o brasileiro Vitor Belfort e o britânico Michael Bisping – a programação começa às 20 horas. Quase 15 anos após nocautear o compatriota Wanderlei Silva na mesma cidade, o lutador carioca volta à capital paulista para se manter na busca por mais um cinturão de campeão.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

“Estou com espírito de batalha, de guerra. Se pudesse pintar a cara, eu faria. No dia da luta vocês vão ver”, disse Belfort, que mais uma vez trocou provocações com o rival britânico, durante a pesagem oficial desta sexta-feira, diante de 3.680 pessoas que foram ao ginásio só para presenciar este evento.

No caso de Bisping, uma vitória lhe dará a chance de enfrentar o também brasileiro Anderson Silva pelo cinturão dos médios do UFC. Nascido no Chipre, ele cresceu na Inglaterra e está fazendo seu país tomar mais gosto pelo MMA (artes marciais mistas).

Bisping parece nem se incomodar por lutar no território do adversário. “Espero uma torcida calorosa, claro que a favor de Vitor, mas, quando luto em Londres, a torcida também é assim barulhenta. É como torcedor de futebol. Por isso, quando me convidaram para lutar aqui, disse sim na hora”, revelou.