Terminou em barraco, na noite de sexta-feira (30), o concurso Miss Amazonas 2015. A vice-campeã, Sheislane Hayalla, não aceitou o segundo lugar e, enquanto a coroa ainda era colocada na cabeça de Carol Toledo, vencedora da competição depois de levar o Miss Manaus, voou para arrancá-la da cabeça da rival.

Tudo exalava glamour até então. No momento em que a apresentadora anunciava os prêmios que a Miss Amazonas receberia, além da participação garantida no Miss Brasil deste ano, as duas finalistas se davam as mãos e sorriam, diplomaticamente, uma para a outra. “Vamos conhecer aquela que, além de receber a coroa e faixa do Miss Amazonas 2015, também receberá um MacBook Pro e um iPhone 6, fará uma inesquecível viagem para conhecer um paradisíaco Hotel Privê e ganhará também, um curso de idiomas completo, com tudo pago”, dizia a mestre de cerimônias. “E a Miss Amazonas 2015 receberá também a chave de uma super moto”, complementava o apresentador.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

Quando teve seu nome anunciado, Carol Toledo levou as mãos aos olhos para conter as lágrimas, enquanto a coroa era encaixada sobre a sua cabeça e a rival era consolada pelas outras derrotadas. Até que, como se tomada por um surto, Sheislane Hayalla saltou sobre a cabeça de Carolina e arrancou a coroa, antes de meter o dedo em riste no rosto dela e dizer palavras que são já um enigma dos anais dos concursos de beleza. A plateia foi à loucura, gritando e levantando os braços.

Na manhã de sábado (31), em homenagem a Sheislane, um usuário do Facebook criou um evento agendado para 1º de abril: um curso de etiqueta com a vice-Miss Amazonas, com o bônus de dicas de “controle da raiva”. Talvez pelo comportamento demonstrado no concurso, a página teve pouca adesão: apenas 6 haviam confirmado presença até o fechamento desta nota.

Acompanhe o momento do “barraco” durante o anúncio da vencedora do concurso

MISS-AMAZONAS-2015-TERMINA-EM-BARRACO

Portal Guaíra com informações da Veja Online