O feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida teve 89 acidentes com 79 feridos e 18 mortos nas rodovias estaduais que cortam o Paraná, segundo o balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) nesta quarta-feira (13).

O número de mortes registrado entre sexta-feira (8) e terça-feira (12) representa o dobro do mesmo período analisado, no ano anterior.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

No mesmo feriado de 2020, houve 83 acidentes, com 62 feridos e nove mortos.

A 4ª Companhia da Polícia Rodoviária Estadual, em Maringá, no norte do estado, foi a região com mais acidentes e mortes nas estradas do Paraná. Veja os dados abaixo.

De acordo com a PRE, neste ano o movimento de veículos e pessoas foi maior, pois ocorreu a flexibilização das restrições de combate à pandemia.

Além disso, durante a Operação Padroeira ocorreu chuva em todo o estado.

Ocorrências por região
De 8 a 12 de outubro de 2021:

Curitiba

  • 16 acidentes
  • 8 feridos

Londrina

  • 20 acidentes
  • 4 mortes
  • 29 feridos

Cascavel

  • 11 acidentes
  • 3 mortes
  • 11 feridos

Maringá

  • 24 acidentes
  • 5 mortos
  • 18 feridos

Ponta Grossa

  • 11 acidentes
  • 2 mortes
  • 11 feridos

Pato Branco

  • 7 acidentes
  • 4 mortes
  • 2 feridos

Durante os cinco dias da operação, os agentes flagraram oito motoristas dirigindo bêbados, e seis foram presos.

O balanço apontou que foram registradas 4.491 imagens de radar, de veículos em excesso de velocidade.

No interior do estado, com o Canil do Batalhão, 44,5 quilos de drogas foram apreendidos durante abordagens a ônibus de turismo.

A Operação Padroeira ocorreu em todas as rodovias estaduais, com o objetivo de oferecer segurança ao motorista e coibir excessos de velocidade, crimes de trânsito e outras infrações.

Portal Guaíra com informações do G1