Xisto Ortelado Vera, 22 anos, de nacionalidade paraguaia, foi preso na tarde de segunda-feira (19), pelos policiais da 3ª Cia acusado de cometer estupro após invadir residência no Distrito de Encantado do Oeste na noite de domingo (18).

Segundo informou a PM e também a vítima, o elemento entrou rapidamente por uma janela e de posse de uma faca dominou a mulher que tem 31 anos, também de origem paraguaia. E, de forma violenta pressionando a arma branca no pescoço da vítima, exigia dinheiro, mas, arrastou a vítima até o quarto e a estuprou.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

A mulher é amasiada há dois anos, e assim que o companheiro chegou do trabalho na madrugada, foi avisado por ela do ocorrido, e pela manhã procurou as autoridades policiais para relatar o fato e denunciar o elemento.

O estuprador teria ficado cerca de duas horas na casa ameaçando e violentando a vítima. Ao sair, Xisto Ortelado levou 100 reais em dinheiro que estava dentro de uma caixa.

Na tarde de ontem, os policiais localizaram o autor na casa onde mora com a mulher e foi entregue na 48ª DRP.

A mulher, vítima da truculência do rapaz, o reconheceu como sendo o autor da violência sexual. Mesmo diante do reconhecimento, o acusado nega ter sido ele o autor das agressões e do roubo do dinheiro.

PARAGUAIO-PRESO-ACUSADO-DE-ROUBO-E-ESTUPRO

Portal Guaíra com informações da Rádio Jornal AM