LEIA-MAIS3Após receber a informação de que sua filha, de oito anos, tinha entrado em uma casa, juntamente com uma amiguinha de dez anos, para vender latinhas e estavam demorando para sair, a mãe foi até a residência, na Avenida Tupãssi, em Assis Chateaubriand, e encontrou as duas meninas presas na casa e o dono da residência com o órgão genital para fora e se masturbando.

A mulher chamou pelas crianças, que conseguiram sair da casa e em seguida foi acionado o Conselho Tutelar, que acompanhou as crianças até a Delegacia de Polícia.

-------------- Notícia continua após a publicidade -------------

O dono da casa, acusado inicialmente de estupro de vulnerável, também foi encaminhado para a Delegacia tendo permanecido à disposição da justiça.

Revoltados com a situação, populares atearam fogo na casa do acusado, mas as chamas não chegaram a se alastrar, por causa da ação dos bombeiros, queimando apenas o forro da residência, mas uma motocicleta que estava no local foi atingida pelo incêndio.

Portal Guaíra com informações do Goionews